Adestramento: Meu cachorro tem medo de trovão

Quem assistiu o filme ou leu o livro Marley & Eu sabe qual era o maior medo do Labrador mais amado e indisciplinado dos últimos tempos: chuva e trovões. Marley era capaz de destruir a garagem ou a casa inteira com medo do barulho dos trovões e parecia pressentir quando uma chuva se aproximava. O que o filme não mostrou é como lidar com um cachorro que, como Marley, tem horror ao barulho do trovão.

A razão desse medo pode variar bastante. Mas segundo a adestradora e sócia da empresa de passeios Matilha em Família Katia Morioka a origem pode ser algum trauma que o cão passou em sua vida e, por acaso, estava chovendo. “Sendo assim, ele pode associar o trovão e a tempestade com algo ruim em sua vida”, explica. Outra razão pode ser simplesmente o barulho alto que o trovão causa e o consequente susto.

Esse terror por trovões pode começar muito antes do dono perceber que uma tempestade se aproxima, já que cães conseguem ouvir 4 vezes mais longe que o ser humano. “O intervalo de frequência dos cães é bem maior que de humanos. A frequência detectada pelo homem vai de 16 Hertz a 20.000, já a do cão, vai de 10 Hertz a 40.000”, informa Katia. Além disso, o olfato também pode anunciar uma mudança no tempo já que cães têm o olfato pelo menos 30 vezes melhor que o nosso.

Mas nosso comportamento, como donos, também pode ajudar o cão a se assustar com a chegada da chuva. “Quando a chuva está para vir, começamos a nos movimentar para fechar janelas, correr para não pegar chuva e eles podem associar esses movimentos precedentes à chuva.”

Seu cachorro também tem medo de chuva, trovão ou relâmpago (ou qualquer outra fobia)? Então confira as dicas da adestradora e sócia da empresa de passeios Matilha em Família Katia Morioka:

CANINABLOG: Quando o medo do cão é considerado natural? E quando o dono deve se preocupar?

Katia Morioka: Na verdade, qualquer tipo de medo é preocupante. Qualquer medo, fobia ou trauma não é uma coisa saudável. O interessante seria descobrirmos o histórico e quando começou para assim tentarmos ajudar o cão a superá-lo.

CANINABLOG: Como o dono pode ajudar o cachorro a lidar com esse medo?

Katia: Primeiro de tudo, não podemos reforçar esse medo. Geralmente o cão se assusta com o barulho e nós tentamos acalmá-lo pegando ele no colo, falando suavemente ou fazendo carinho. Não nos damos conta que dessa forma estamos recompensando ele de uma atitude indesejada. Se acariciarmos os cães em momentos de medo, seria o mesmo que dizer: “muito bem, continue com medo que ganhará um carinho”.

O ideal seria ignorá-lo no primeiro momento em que ele se assustar. Mas se o cão já vier com esse medo, tente associar a chuva e o trovão com coisas boas, como petiscos ou brincadeiras. Mas muito cuidado para não dar o petisco no momento em que ele estiver com medo. Espere até que ele se acalme para oferecer uma recompensa.

Dica extra: Na maioria dos casos, os cães adquirem fobias ou medos por causa da reação do dono, ou seja, ao acariciá-lo ou dar colo.  Se seu cão tem qualquer medo, a primeira tentativa de mudar esse comportamento é ignorando totalmente. Mas se o cão entra em um estado de pânico, procure um profissional (adestrador ou comportamentalista) para trabalhar no seu comportamento.

Fonte: Canina Blog

Comentários